Modelos de Peças

Portaria

Representação – Prisão Temporária

Representação – Prisão Preventiva

Representação – Interceptação Telefônica

Representação – Busca e Apreensão

Habeas corpus – Excesso de Prazo

Apelação Criminal

Representação de Prisao Temporária cumulada com Buscas – Delegado da PC-BA 2013

Parecer sobre a possibilidade de representação de preventiva no concurso da PC/BA 2013

Modelo de Recurso em Sentido Estrito

96 respostas a Modelos de Peças

  1. Denise disse:

    Dr. Márcio,

    Obrigada pelos modelos de representação por prisão temporária e preventiva. Aguardo os modelos de representação por interceptação telefônica e busca e apreensão. Seu blog é de enorme valia aos concurseiros “policiais” rs. Obrigada!

  2. Lyz disse:

    Muito obrigada por disponibilizar seu tempo/conhecimento com os aspirantes a delegados!

  3. itamar xavier de souza disse:

    muito obrigado meu amigo por me ajudar nesta jornada de estudos!!

  4. Gilvan Prates disse:

    Professor, o senhor postou o modelo de peça de Representação de Busca e Apreensão, mas quando acessamos, na verdade lá está um modelo de habeas corpus. Gostaria muito que o senhor verificasse e deixasse o modelo de Representação de busca e apreensão, pois suas peças estão sendo de grande valia para nossos estudos. Além disso, gostaria de saber se o senhor tem um modelo para representarmos por medidas cautelares diversas da prisão. Desde já, agradeço.

  5. Nilson Carvalho disse:

    Olá Dr. Márcio tudo bem? primeiramente gostaria de agradecê-lo pelos valiosos comentários que tem feito neste site e pelas grandiosas peças que tem postado. Saiba que
    o seu gesto está ajudando a muitas pessoas.
    Att: Nilson

  6. admin disse:

    Problema solucionado. Obrigado!

  7. Eduardo Estevam Dias disse:

    Ola Dr. Marcio! quero lhe parabenizar pela iniciativa quem tem sido de grande valia para nos concurseiros! muito obrigado.

  8. JOYCE CARDOSO disse:

    OBRIGADA… ESTAS PEÇAS AJUDARAM MUITO NO MEU ESTUDO

  9. woner wanderley disse:

    Muito obrigado de verdade pela atenção e dedicação para nós fulturos Delegados!

  10. Kátia C. S. Duarte disse:

    As peças que o Senhor disponibiblizou são de grande valia para os concurseiros que assim como eu, estão tentando ingressar na carreira policial, muito obrigado .

  11. duarte@ disse:

    bom de mais em saber que muitas pessoas se dedicam em ajudar o outros com seus conhecimentos.

  12. João A. Neto disse:

    Agradeço ao SR°, pelas peças disponivéis aos estudantes como um todo,e pelo tempo e Humildade, em dividir as peças que serão,com certeza, de grande importância para Evoluir-mos,
    Tenho certeza que esse material ajudou bastante pessoas,Agradeço e te desejo sortes de Bençãos em sua vida!!!
    “BEM AVENTURADOS AOS QUE SERVEM,POIS ESSES SERÃO SERVIDOS”
    Provérbios.
    Obrigado.

  13. rita de cassia villa nova de sousa disse:

    Suas peças me ajudaram bastante. Muito obrigada pela colaboração.
    Atenciosamente,
    Rita Villa Nova!

  14. fatima disse:

    Gostaria de saber se existe algum concurso anterior para delegado federal em que foi cobrado questões discursivas e a peça jurídica??? Caso já tenha sido cobrado como faço para ter acesso a esse material??

    Grata

    At. Fátima

  15. admin disse:

    Nunca foi cobrada peça jurídica ou questões discursivas em concurso para Delegado da PF.
    Att
    Márcio Alberto

  16. David Alcantara disse:

    Dr Marcio, analisando os seus modelos de peças (a propósito já deixo meu elogio e agradecimento pela iniciativa e atenção conosco), percebi que algumas representações (por prisão temporária, por prisão preventiva e para interceptação telefônica) foram dirigidas ao juiz através de ofício, enquanto a representação por busca e apreensão foi feita por petição. Gostaria de saber se existe algum critério para saber se será por ofício ou por petição. Mais uma vez, agradeço a atenção dispensada com todos nós, aspirantes ao cargo de Delegado.

  17. ARTUR R. DE SOUZA JR disse:

    BOA NOITE DR. MARCIO, GOSTARIA DE SUA OPINIÃO EM RELAÇÃO A PROVA DISCURSIVA PARA DELEGADO FEDERAL. O SR. ACHA QUE PODERÁ CAIR UMA DESSAS PEÇAS QUE POSTASTES, OU PODERÁ CAIR ALGUMA OUTRA PEÇA, COMO POR EX: UMA PEÇA PROCESSUAL CÍVEL OU PENAL, MAS FEITA POR UM ADVOGADO ENDEREÇADA PARA UM JUIZ, CONFORME APRENDEMOS NA FACULDADE?

    MUITO OBRIGADO.

    SUAS DICAS ESTÃO SENDO MUITO IMPORTANTE PARA OS MEUS ESTUDOS.

    FORTE ABRAÇO:

    ATT
    ARTUR R. DE SOUZA JR

  18. Rafael disse:

    Olá Doutor,
    Obrigado pelas peças, espero que poste mais, de preferência antes da prova da PF, rs.
    Como proceder para um pedido cumulado. Por exemplo, um pedido de prisão temporária cumulado com busca e apreensão?
    Att.

  19. admin disse:

    Confira em Modelos de Peças. Postei a resposta do concurso de Delegado da Bahia 2013. É um pedido cumulado de temporária e busca.

  20. admin disse:

    Pode ser cobrada qualquer peça privativa de DELEGADO: busca e apreensão, prisão temprária, prisão preventiva, etc.

  21. Jicelmo de Jesus Matos disse:

    Dr. Márcio,

    Também agradeço pelo apoio que nos tem prestado. As dicas e peças tem nos ajudado muito. Mas percebi que a peça que postou em resposta à questão discursiva do concurso PC-BA ultrapassou as 60 linhas que tínhamos disponíveis para responder.
    Por favor, teria como elaborar uma peça dentro das 60 linhas para termos uma idéia?
    E quem optou por representar pela preventiva poderá perder pontos, ou o examinador poderá aceitar também?

    Grande Abraço!

  22. Rafael disse:

    Obrigado pela atenção Doutor.
    Aproveitando, como é feito o indiciamento? Pode ser em peça apartada?
    Pode ser introduzido na portaria? Ou seria apenas no relatório?
    Existe a possibilidade da peça ser um relatório?
    Att

  23. admin disse:

    O indiciamento pode ser materializado por meio de despacho fundamentado no bojo do feito, na portaria inaugural (difícil na prática, vez que quando o inquérito é iniciado dificilmente há elementos para o indiciamento) ou no relatório final.
    É possível que a peça pedida em algum concurso seja um relatório sim, mas no de Delegado da PC/BA não cabia tal peça como resposta.

  24. admin disse:

    O objetivo da postagem foi dar uma idéia de como a peça jurídica deve ser feita (tanto que me identifiquei ao fim da representação, o que é proibido em concurso público, e extrapolei o número de linhas).

  25. Kéder disse:

    Olá Prof.,
    Primeiramente, obrigado pelo Blog, pois tem sido de fundamental importância!
    Vi que nos últimos post o Sr. disse que é proibido a identificação na representação (leia-se: peça) do concursando na hora da prova. Mas se na própria folha de resposta está contido o nome e dados do concursando, qual o motivo de não poder se identificar com subscritor da peça em questão?
    Gostaria de saber também, se na prova da PF pode cair além de representações; autos, despachos, intimações, ofícios, portarias, enfim…..há essas possibilidades, já que se trata de legitimidade do Delegado? Caso há, poderia disponibilizar alguns modelos?!
    Obrigado…
    Att. Kéder

  26. admin disse:

    Falei da vedação da identificação porque em geral os concursos públicos proibem que o candidato identifique sua prova (é de bom tom atentar para isso quando for responder às questões).
    Acho muito improvável que vá cair ofício, despacho, etc. Em concurso de Delegado, a maior probabilidade é representação de prisão (temporária e preventiva), busca e apreensão, interceptação telefônica, quebra de sigilo fiscal/bancário, etc.

  27. Ney disse:

    Olá, professor. Gostaria de pedir ao senhor indicação de alguma obra para complementar os estudos sobre peças.
    Abr. e obrigado desde já.

  28. Cristiano disse:

    Olá professor Márcio Alberto,

    Quando saiu o edital de delegado da BA e vi que iria cair uma peça prática, fique assustado, pois nunca tinha feito uma prova pedindo para fazer uma peça. Ai foi que descobri seu livro e o blog!
    Estudei por seu livro (Inquérito Policial, uma análise jurídica e prática da fase pré-processual) para o concurso de delegado da BA! Fui correndo e procurando pelas livrarias atrás dele! Só tinha um e em somente uma livraria aqui em Aracaju! kkk! Fiz uma representação pela Temporária, como o senhor postou no comentário da prova! O livro ajudou muito não só para fazer a peça como também nas questões objetivas. É só esperar agora pelo resultado!!
    Agora vou fazer a prova de Delegado de Polícia Federal, estou estudando por ele e espero que dê tudo certo para podemos passar a ser colega de profissão!

    Att,

    Cristiano.

  29. admin disse:

    Obrigado por ter adquirido o livro e por acessar o site.
    Boa sorte!

  30. admin disse:

    Procure livros que tratem de inquérito policial (recomendo o meu…kkkkk): http://www.millenniumeditora.com.br/produtos_descricao.asp?codigo_produto=2786

  31. João Lucas Oliveira da Silva disse:

    professor, o senhor poderia disponibilizar modelos de peças cautelares da policia federal de competencia dos tribunais superiores (STF, STJ) abraço e mto o brigado pela ajuda!!!

  32. João Lucas Oliveira da Silva disse:

    Professor, na elaboração das peças na prova do cespe, a respeito da forma de elaboração, a peça deve ser elaborada sem espaços tudo junto ou pode ser feita como se fosse de verdade com os espaçamentos???

  33. admin disse:

    Eu prefiro com espaçamento (ainda que poucos para economizar linhas). Quando fazia concurso, eu coloca espaços.

  34. Gustavo Melo disse:

    Posta um modelo de representação para agente infiltrado

  35. Renan Ferreira disse:

    Professor,
    No seu livro tem os modelos? Irei encontrei o modelo de despacho de indiciamento, representação pela prisão preventiva, entre outros?

  36. admin disse:

    Caro Gustavo, não é representação que vá ser pedida em concurso público (não é muito usual, mesmo na prática).

  37. LUCIANO disse:

    Prof. Marcio,

    Nesta peça, não seria possível o candidato fazer um relatório final pedindo prorrogação de prazo e representando pela temporária e as buscas e apreensões? Pois a banca, no mandamento da questão diz: “proceda, na condição de delegado de policia…, à remessa dos autos ao poder judiciário, …” e ai?
    Estou estudando para fazer o concurso para delegado federal, qual a peça, na sua opinião, tem mais probabilidade de cair? O senhor tem modelos de representação para os tribunais superiores?
    Obrigado pelos posts. Muito bom o site. abraços

  38. Larissa disse:

    Olá Professor.
    Adquiri o seu livro (Inquérito Policial, uma análise jurídica e prática da fase pré-processual); foi “um achado”, visto que estou estudando para o concurso de Delegado Federal; o livro é ótimo; parabéns!
    Percebi, entretanto, que não há modelo do Auto de Prisão em Flagrante no livro.
    Seria possível o sr. colocar um modelo no blog?
    Obrigada.
    Att,
    Larissa.

  39. admin disse:

    Muito obrigado Larissa. Postarei sim.
    Márcio Alberto

  40. admin disse:

    Obrigado Luciano,
    Não havia como fazer um relatório, porque a questão deixava claro que havia diligências a materializar e o relatório encerra o procedimento inquisitivo.
    A representação dirigida a Tribunais Superiores segue o mesmo padrão das demais, basta dirigir ao Ministro relator.
    Márcio Alberto

  41. NUBIA ALVARENGA disse:

    Acabo de ler os comentários feitos, e ao que tudo indica parece sim ser um achado, acabei de solicitar o livro citado acima, por outra colega.

    Obrigada pela peças disponibilizadas, me debruçarei para apreende-las.

  42. Lina Mara Freitas Pimentel disse:

    professor, em seu livro encontrarei todas as peças que devo estudar para a prova de delegado da polícia federal???

  43. admin disse:

    Lina,
    Não há como prever o que cairá na prova, procurei abordar na obra as mais usuais (e por isso mais cobradas).
    Márcio Alberto

  44. admin disse:

    Núbia,
    Obrigado. Continue acessando e boa sorte!
    Márcio Alberto

  45. JOSE CARLOS FEITOSA RAMOS disse:

    Dr. Márcio, primeiro quero agradecer pelos ensinamentos e parabenizá-lo pela iniciativa de DEMOCRATIZAR SEUS CONHECIMENTOS.Sou aspirante ao cargo de Delegado da Polícia Civil da Bahia.Acertei 56 questões e REPRESENTEI por uma PRISÃO PREVENTIVA.A Banca não aceitou meu recurso administravivo no sentido
    que caberia, também, uma PRISÃO PREVENTIVA.
    Peço licença e autorização para usar seu excelente PARECER em Ação Judicial para ter meu pleito atendido.Estou preparando-me para prova de DELEGADO FEDERAL.
    Tenho ai na Delegacia de Polícia Federal de Juazeiro um amigo irmão que o meu querido EDSON DE ALBUQUERQUE BLOHEN JÚNIOR.O qual mando um abraço e forneça meu e”mail a ele.E um primo IRMÃO na SUREG DE SALVADOR que é o não menos querido CLEUTER CAVALCANTI , o grande “TITI”.
    A vontade de servir ao meu país como policial é grande e antiga.Porém só agora na maturidade acho-me preparado para desempenhar tal atribuíção.
    Agradeço, mais uma vez, sua inestimável colaboração.Não só neste caso mas também nos ensinamentos de como fazer as PEÇAS CAUTELARES PERTINENTES AO CARGO DE DELEGADO.
    Um GRANDE ABRAÇO.
    JOSÉ CARLOS FEITOSA RAMOS

  46. admin disse:

    Obrigado José Carlos.

    Márcio Alberto

  47. Kéder disse:

    Prof. Márcio,
    Você sabe dizer porque o site delegados.com.br saiu do ar? Ha alguns dias não consigo acessá-lo. Obrigado!

  48. Rodrigo disse:

    Prezado Dr. Márcio, no modelo da portaria não menção ao local e à data. Não seria necessário menciona’-los?

  49. Rodrigo disse:

    Retificando: no modelo da portaria não HÁ menção ao local e data, seria necessário menciona’-los?

  50. Rodrigo disse:

    No local destinado à identificação da peça prática deve-se escrever somente “Delegado de Polícia Federal”ou você recomenda que se coloque da seguinte forma:
    (assinatura)
    _______________
    (nome)
    Delegado de Polícia Federal
    (matrícula no.______)

  51. Pollyanna Maria disse:

    Professor, Obrigada por ter interesse de passar seus conhecimentos práticos. O admiro mesmo sem conhece-lo. Abraçossss

  52. MPMACHADO disse:

    Exmo. Dr. Márcio,

    Caso o Sr. entenda possível ser cobrado na próxima prova de delegado da PF, favor citar peças policiais compostas de outros pedidos/representações cumulados. Acredito que, assim como foi cobrado na prova de delegado da PC/BA 2013, o CESPE deverá pedir uma peça tão ou mais elaborada do que esta.

    Muito obrigado por sua atenção.

    Parabéns pela iniciativa!

  53. MPMACHADO disse:

    Para complementar e exemplificar, seria possível (p. ex . no caso de apuração de fraude em licitação praticado por funcionário público) uma peça onde a autoridade policial representasse, cumulativamente, pela decretação da medida cautelar de suspensão do exercício de função pública e pela decretação de quebra do sigilo bancário, de funcionário público investigado.

    Nessa hipótese o seria correto denominar a peça de “Medida Cautelar Diversa da Prisão e Quebra de Sigilo Bancário”?

    Abraço.

  54. Jurandi disse:

    Não posso deixar de também cumprimentá-lo pelo site, bem como agradecê-lo!

  55. Gabriela Macedo disse:

    Prof. Márcio,
    Quando eu sei que a representação deverá ser feita por petição ou por ofício?
    Obrigada!

  56. Jaime Brito disse:

    Olá Prof

    Te agradeço pela contribuição do material, é de grande valia.

  57. Alexandre Viana disse:

    Professor Marcio,

    Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelos atos de humildade que tem realizado a cada dia com sugestões e respostas aos aspirante a Delegado.
    Tenho uma grande duvida: Para o concurso de Delegado Federal não poderemos usar/consultar código , correto ?
    Caso não citarmos artigos poderemos perder pontos ?

    Agora uma duvida pessoal: Realizei inscrições para escrivão e delegado , ambos da policia federal. Queria saber se o Senhor com toda sua experiência aconselha fazer o concurso para escrivão e depois com algum conhecimento na área tentar para delegado federal , já que não tenho experiência na área policial ?

    Obrigado pela atenção.

    Abraços

  58. Jeane disse:

    Olá,

    São peças de 2013?

  59. Jeane disse:

    Preciso deixar na competência, DOUTOR, é a minha duvida?

    Aproveito e agradeço pelo material de estudo.

  60. Vinicius Alves disse:

    Professor, boa noite.

    A peça relativa a prova de delegado da Bahia está com o endereçamento equivocado.

    Abraços!

  61. Rivonaldo Santiago disse:

    Muito obrigado pelo material disponibilizado e por compartilhado seu conhecimento.

  62. Maiara Thais disse:

    Professor, certa de sua atenção, gostaria que você me ajudasse com uma dúvida. Por que nas peças de representação por prisão temporária, preventiva e interceptação telefônica você, na condição de delegado federal, direcionou para juiz estadual enquanto na peça de representação por busca e apreensão você direcionou para juiz federal?

  63. George disse:

    Oi Márcio, gostaria que me tirasse uma dúvida. No seu modelo de portaria você pede uma prorrogação de 120 dias p/ eventual prorrogação de inquérito. Gostaria de saber do embasamento legal desse prazo já q só conheço o prazo de 15 dias prorrogáveis por igual período. Como se dá na prática?
    Desde já grato.

  64. Marcelo Lucio disse:

    Boa noite Professor.
    Em relação ao concurso de Delegado de Polícia Federal, no tocante à prova discursiva, o Senhor se atreveria a nos informar qual peça, ou peças deve ser mais contemplada, ou seja, qual estaria mais em voga, com base nos últimos concursos para carreira de Delegado de Polícia?
    Grato.

  65. admin disse:

    Olá Marcelo,
    Acabei de postar algumas dicas sobre peças com maior probabilidade de cair (a meu ver).

    Márcio Alberto

  66. admin disse:

    George,
    O prazo geral previsto no CPP para inquérito com investigado solto é de 30 dias. Findo esse primeiro prazo, as prorrogações podem ser determinadas pelo Judiciário por períodos maiores.

    Márcio Alberto

  67. admin disse:

    Maiara,
    Não há empecilho para que o Delegado Federal atue em caso da competência da Justiça Estadual (é assim no tráfico de drogas interno, por exemplo).

    Márcio Alberto

  68. admin disse:

    Rivonaldo,
    Continue acessando.

    Márcio Alberto

  69. admin disse:

    Vinicius,
    De fato o espelho da prova exigia o endereçamento ao juiz da vara do júri.

    Márcio Alberto

  70. admin disse:

    Jeane,
    Costumamos colocar Doutor na peça, mas é questão de estilo.

    Márcio Alberto

  71. admin disse:

    Alexandre,
    Não há perda de ponto pela não citação do artigo de lei. Sempre tive como foco ser Delegado. Depende do que você almeja. Se se identificar com as atribuições do cargo, aconselho a fazer o concurso de Delegado.

    Márcio Alberto

  72. admin disse:

    Gabriela,
    Pode fazer de um jeito ou de outro.

    Márcio Alberto

  73. admin disse:

    Obrigado.

  74. admin disse:

    A cumulação de pedidos cautelares não é vedada, mas normalmente o pedido de afastamento cautelar é feito no fim das investigações (quando já existem elementos suficientes para concluir que o investigado praticou o crime apurado).

    Márcio Alberto

  75. admin disse:

    É possível que a peça jurídica trate de pedidos cumulados.

    Márcio Alberto

  76. admin disse:

    Obrigado.

  77. admin disse:

    Acho que qualquer das duas formas é possível. Basta que você não se identifique.

    Márcio Alberto

  78. admin disse:

    É necessário sim. Esqueci de fazer constar.

    Márcio Alberto

  79. George disse:

    Valeu Márcio, acabei fazendo uma confusão com relação aos prazos. O prazo de 15 dias seria só no caso de preso o acusado por crime de competência da JF, se solto tb segue a regra geral de 30 como nos crimes de competência da justiça comum estadual.

  80. aparecida de fatima marasco disse:

    Obrigada Dr. Márcio pelos ensinamentos de grande valia! Minha dúvida na peça é quanto aos espaços. O Sr. poderia comentar algo sobre isso? obrigada.

  81. Gustavo disse:

    Bom Dia Dr,

    Gostaria de saber, é possível cumular pedido de interceptação telefônica com prisões ou busca e apreensão?

  82. Joaquim disse:

    Professor e, quiçá (se Deus quiser), futuro colega, muito obrigado por ter disponibilizado esses modelos de peças.
    Acessei o seu blog hoje pela manhã, após ter saído da prova objetiva para Delegado de Polícia Federal, e o material que li foi suficiente para elaborar a peça profissional exigida na prova discursiva do período da tarde, sobretudo quanto aos aspectos formais e estruturais, mas também em relação à combinação de interceptação telefônica com busca e apreensão.
    Se eu obtiver aprovação no concurso, espero um dia lhe agradecer pessoalmente pela ajuda.

    Muito obrigado.

  83. Rodrigo disse:

    Vc poderia me passar algum e-mail seu para que eu envie a cópia da prova discursiva de ontem (21.07.2013) de delegado pf?

  84. cristiane disse:

    Boa noite, teria um modelo de habeas corpus por falta de justa causa com fundamento no art.648,I,CPP para me indicar?
    Grata

  85. admin disse:

    Há modelo de HC por excesso de prazo na página de modelos de peças. Use o corpo deste modelo de HC, alterando apenas os fundamentos e pedindo ao final o trancamento do inquérito policial ou ação penal. Nestor Távora chama essa modalidade de HC de profilático.

    Márcio Alberto

  86. Josevando disse:

    Gostaria de parabenizar e agradecer o administrador da página Marcio Alberto pela iniciativa, sem deixar de contemplar o bom conteúdo disponibilizado. Attc.

  87. ODAISIO DIAS disse:

    EXISTE A POSSIBILIDADE DE A PROVA DISCURSIVA PARA DELEGADO VIR UMA PEÇA NÃO PRIVATIVA PARA O MESMO? TIPO UM RELAXAMENTO DE PRISÃO, ARBITRAMENTO DE FIANÇA OU MESMO UM REQUERIMENTO PARA INSTAURAÇÃO DE INQUERITO. QUE SÃO PEÇAS PRIVATIVAS DO ADVOGADO.
    OBRIGADO!!!

  88. Boa tarde caro professor de peças de atividades rotineiras de delegado de policia civil,
    pro favor preencha as peças para entender melhor obrigado.

  89. Márcio Alberto disse:

    Não, não há. Em concurso de delegado, apenas peças que podem ser confeccionadas por delegado.
    Márcio Alberto.

  90. Márcio Alberto disse:

    Muito obrigado. Continue acessando. Divulgue.
    Márcio Alberto.

  91. Márcio Alberto disse:

    Na medida em que for postando mais peças, vou dando dicas de como preencher.
    Márcio Alberto.

  92. ernesto floro de lima neto disse:

    professor se assim for possível, envie-me algumas peças práticas sobre concurso de delegado da polícia civil.desde então te agradeço pelo interesse de ajudar mais um em busca de resultado.

  93. Márcio Alberto disse:

    Além das dicas e peças já postadas aqui no site, sugiro adquirir meu livro Inquérito Policial (serve tanto para o estudo para o concurso de delegado de polícia, quanto para quando você passar for assumir o cargo). Hoje a editora está dando 20% de desconto. Aproveite: http://www.millenniumeditora.com.br/produtos_descricao.asp?codigo_produto=2827

  94. Reginaldo Santana disse:

    Professor muito obrigado pela iniciativa do Sr. em dispor de seu tempo afim de nos passar conhecimentos, parabéns mesmo e apesar de não te conhecer pessoalmente, segue meus votos de muito sucesso em sua vida profissional e pessoal, que DEUS te abençoe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>